Ser bom, faz bem

Crédito: uihere.com

Aprenda a Meditação da Bondade Amorosa

A vida em grandes centros urbanos é marcada pelo stress do trânsito, filas e excesso de pessoas. Parece que todos correm contra o tempo e esquecem até de si mesmo. Esse ritmo frenético se tornou um padrão e, cada vez mais, nos desconectamos da presença do outro, que está sentado no banco da condução, ou, que caminha pela rua. Também usamos headphones e nos concentramos na tela do celular, ignorando o meio ao redor.

O modo de vida moderno pode gerar consequências para a saúde física e mental: aumento da pressão arterial, um sistema imunológico menos eficaz, infelicidade e degradação das conexões sociais.

Em quase todas as culturas, a bondade é considerada como uma virtude, porém, nem sempre o estilo de vida atual não favorece o cultivo da consciência sobre os outros como eres humanos que merecem compaixão e amor. Por isso, é preciso praticá-la. Uma das técnicas utilizadas para este fim é a Meditação da Bondade Amorosa.

Segundo estudos, essa prática, além de diminuir conflitos de relacionamento, também melhora o bem-estar do praticante.

Os pesquisadores da Universidade de Stanford descobriram que a prática meditativa que se concentra na bondade amorosa aumenta os sentimentos de conexão social. Além disso, segundo um estudo da Universidade de Utah, a Meditação da Bondade Amorosa diminuiu os níveis globais de hostilidade dos praticantes. Após exercitá-la pelo período de sete semanas consecutivas, os sentimentos de: amor, alegria, gratidão, esperança, diversão e reverência, aumentaram significativamente.

Vamos praticar?

Encontre uma posição confortável e respire tranquilamente. Pense gentilmente em alguém que ama. Pode ser seu filho, seus pais, seu amigo ou seu cão amado. Imagine abraçá-los e sentir a sua presença próxima ao seu coração. 

Então, direcione esse pensamento para eles: 

“Que você esteja seguro. Que você seja saudável. Que você viva com facilidade e felicidade.” 

A prática parece simples, mas os seus resultados são poderosos. Em um experimento com 139 adultos trabalhadores, metade foi designada aleatoriamente para fazer a Meditação da Bondade Amorosa. Os resultados mostraram que essa prática produziu o aumento de emoções positivas, que por sua vez produziram o aumento de uma ampla gama de resultados saudáveis, aumento da atenção plena, propósito na vida, apoio social e diminuição dos sintomas da doenças pré-existentes. Por sua vez, isso pode levar ao aumento da satisfação com a vida e reduzir os sintomas depressivos.

Vamos praticar?

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *