Signo de Escorpião e a flor Snowdrop

Escorpião é um signo fixo do elemento água, uma configuração astrológica em sincronicidade com a assinatura da flor e simbologia da Essência Floral Snowdrop. 


Segundo a tradição astrológica, os signos de água são emotivos, intuitivos e profundos. O elemento água, no que lhe concerne, simboliza a dimensão emocional e pode ser encontrado em três estados: líquido, gasoso e gelo. Escorpião é associado à água congelada por conseguinte, às emoções cuja fluidez pode ser bloqueada ou reprimida, se não passar por um processo de derretimento. 


Snowdrop pertence ao gênero botânico Galanthus, cujo nome tem origem grega (Gala= leite e anthus= flor). É uma flor branca e delicada, originária da Europa e comum no hemisfério norte. É a flor que anuncia a primavera, pois em regiões de inverno rigoroso e com neve, Snowdrop floresce rompendo a camada de gelo que ainda cobre o solo, anunciando a nova estação.


Como essência floral, no Sistema da Holanda, Snowdrop é a essência recomendada para a liberação de dores profundas, traumas e lágrimas reprimidas do passado, liberando a alegria e o frescor depois de um tenebroso inverno interior.Quando sufocamos as lágrimas de uma perda ou sofrimento, buscando proteger-nos da dor pela negação, podemos provocar um estado de paralisia emocional, congelando o fluxo dinâmico da vida. Capturados por uma armadilha, evitamos a dor, mas, por outro lado, nos ausentamos da vida.


A música Frozen da cantora Madonna ilustra bem esse estado. No videoclipe da canção, Madonna veste trajes negros, como os utilizados no luto canta em um cenário sombrio e deserto. A letra expressa o estado de negação e paralisia afirmando que você só vê aquilo que os seus olhos querem ver e que se o seu coração não está aberto, você está congelado.


“You only see what your eyes want to see 
How can life be what you want it to be?
You’re frozen
When your heart’s not open
You’re so consumed with how much you get
You waste your time with hate and regret
You’re broken
When your heart’s not open
… If I could melt your heart.”

No final da letra, uma esperança com a quimera “se eu pudesse derreter seu coração”. O lampejo de esperança e renascimento está associado com a energia da essência floral Snowdrop que rompe os bloqueios emocionais da psique assim como a flor supera as camadas de gelo no solo, liberando as lágrimas e o fluir das das emoções, facilitando o processo de elaboração do luto e a renovação da vida.


A cor branca como leite inspirando a nomenclatura botânica (Galanthus) também remete ao estado original de pureza da alma. Branco frequentemente é associado como oposto ao preto, cor ligada à noite e escuridão, sugerindo o renascimento e a purificação. A assinatura simbólica da flor evoca elementos de purificar e nutrir o coração. A flor é composta de três pétalas brancas exteriores em forma de sino e três internas, as quais são marcadas por uma mancha verde, que lembra o formato de um V ou de um coração. Um coração nutrido é alegre e vibrante, cheio de esperança e fé, aberto para novas possibilidades.


O vídeo de divulgação da florada de Snowsdrops em Blair House , um castelo escocês construído em 1105 d.C. propicia imagens para vivenciar a energia da essência. No início, aparecem imagens de esculturas de figuras humanas do acervo da propriedade, que remetem ao estado de congelamento. No entanto, contrastam com a água corrente abundante por perto. Um tapete de flores brancas cobrindo o solo, evoca o branco da neve. Árvores ressequidas e desfolhadas pelo rigoroso inverno, mas com o verde brotando timidamente para anunciar a chegada da primavera.

No sistema de essências florais do Pacífico a essência é recomendada para levar a vida com leveza, deixar ir, divertir-se e vivenciar a alegria de viver. Após um rigoroso inverno da alma, Snowdrop anuncia a energia da primavera, tocando os sinos da alegria.

“Aquele que nunca viu a tristeza, nunca reconhecerá a alegria”.

Khalil Gibran

Após um período de sofrimento e dor, Snowdrop ativa o fluxo das emoções liberando as águas internas represadas e reconecta a alma com a energia pulsante da vida, despertando um estado de alegria genuína.

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *